Praticar atividade física regularmente é uma das melhores formas de contribuir para o controle da hipertensão. Mas se você tem pressão alta, é preciso tomar alguns cuidados na hora de iniciar um novo exercício, pois existem algumas situações que podem ser prejudiciais ao paciente.

Atividades aeróbicas como caminhada, corrida, bicicleta, hidroginástica e natação, são as mais indicadas e devem ser feitas em intensidade média, cerca de três vezes por semana, com duração estimada de 60 minutos. Elas possibilitam maior controle durante o exercício, sem grandes desgastes, o que possibilita identificar possíveis sintomas da elevação da pressão, como dor de cabeça e visão embaçada.

Já os exercícios anaeróbicos de alta intensidade como a musculação podem aumentar o risco de complicações, como aneurismas cerebrais, em pessoas com a pressão descompensada, devido ao aumento de pressão que pode ocorrer durante a atividade. Por isso é muito importante acompanhamento médico antes de iniciar a atividade para saber a carga e frequência que não será prejudicial ao paciente. Lembre-se que não é preciso excluir completamente a atividade da rotina, pois é possível executá-la em ritmo moderado quando a pressão estiver controlada.

Uma dica para quem se aventurar na musculação é respirar corretamente, evitar ficar ofegante ou segurar a respiração, pois isso eleva pressão arterial. Descansar entre as séries, por um ou dois minutos, auxilia a manter a pressão estabilizada.

Por isso, mais uma vez, converse com seu médico sobre qual atividade você pretende praticar. Ele solicitará alguns exames para atestar que você pode fazer tais exercícios. Além disso, vale lembrar que mesmo praticando atividades físicas é essencial seguir com o tratamento com medicamentos, pois auxiliam no controle da pressão.





Tags: hipertensão, musculação, atividades aerobicas, atividade fisica, alta intensidade, drauzio varella, pressão alta



Deixe seu comentário

Para comentar ou responder, você precisa se cadastrar ou estar logado.


0 Comentários