O colesterol alto é uma doença crônica que pode trazer diversas complicações, como infarto, AVC  e complicações vasculares. Mas você sabia que entre essas complicações, existe uma que pode afetar especificamente os homens? É a disfunção erétil, a dificuldade para obter ou manter a ereção. 

Na maioria dos casos, a disfunção é consequência de questões emocionais - sendo a ansiedade uma das principais - mas vale investigar possíveis problemas vasculares e hormonais.  

Em casos de colesterol alto, aumenta o risco de formação de placas de gordura que podem aderir às paredes das artérias e reduzir o fluxo sanguíneo. É o processo que ocorre em casos de infarto. No caso da disfunção erétil, essa alteração pode dificultar a passagem do sangue para o pênis, o que impede a ereção.   

Falta de controle da glicose, tabagismo, uso excessivo de álcool e pressão alta são fatores que aumentam o risco de disfunção em pessoas com colesterol. O tratamento consiste em reduzir os fatores de riscos e os níveis de gordura no sangue, o que pode exigir o uso de medicamentos.





Tags: colesterol; disfunção erétil; glicose;



Deixe seu comentário

Para comentar ou responder, você precisa se cadastrar ou estar logado.


0 Comentários