Existem diversos fatores que aumentam o risco de uma pessoa desenvolver pressão alta ao longo da vida. Além da alimentação com muito sódio, pessoas negras, sedentárias, tabagistas ou com excesso de peso também estão mais vulneráveis a desenvolver a doença. Mas qual a probabilidade de filhos de pessoas hipertensas terem pressão alta?

Quem tem pai ou mãe com hipertensão tem um risco maior para hipertensão. Assim como diversas doenças, a hereditariedade está relacionada ao surgimento da pressão alta, que pode aparecer precocemente, a partir dos 35 anos.

Se apenas um deles é hipertenso, o risco aumenta 25%. Se os dois convivem com pressão alta, o risco é de 60%. Se esse é seu caso, o ideal é começar a prevenção o quanto antes, principalmente os cuidados relacionados à alimentação. Evite comer sal em demasia e produtos ultraprocessados. Pratique atividades físicas com regularidade e evite bebidas alcoólicas em excesso.

Em geral, a doença não provoca sintomas nas fases iniciais. Por isso, é muito importante que você faça o acompanhamento da sua pressão, aferindo-a regularmente. Assim, caso você desenvolva a doença, pode começar o tratamento precocemente. Aproveite as consultas de rotina para conversar com o seu médico sobre esse risco.





Tags:



Deixe seu comentário

Para comentar ou responder, você precisa se cadastrar ou estar logado.


0 Comentários